Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como mudar o personagem da percepção?

Como assim personagem?

Interpreto varios personagens frente a uma situação, diversos Rafas, que as vezes me segam na direção de uma percepção. No momento presente na interação com o outro, posso também estabelecer relações de diversos pontos de vista, com personagens enfocados em algum contexto diferente, até mesmo no foco da percepção do outro (que me é incontrolável saber).

Por exemplo, posso assumir o PERSONAGEM PRAGMATICO e apressado ou o PERSONAGEM ANFITRIÃO e disponível. Eles se completam, mas em algum momento frente a uma situação posso estar com o foco mais no contexto de um ou te outro.

Posso ainda, transladar a perspectiva no olhar de um terceiro personagem, alguém alheio a relação que esta ocorrendo, alheio a situação, e me fazer a pergunta, como o personagem Y analisaria ou percebia esta situação.

Olhar para essa possibilidade de mudar o personagem que assiste a situação, permite ver a infinidade de perspectivas, me permite ver a imensidão possível em contemplar uma situação.

Naturalmente existem personagens em mim que agem imediatamente, que aparecem primeiro, os do meu habito mais praticado. Por exemplo na maioria das vezes aparece o critico, que por sua vez pode implodir o arrogante em mim, que por sinal não me faz bem. Que outros podem surgir?…

Ter a LIBERDADE DE ESCOLHA…

Escolher dar-me o tempo através de uma respiração para contemplar, escolhendo o meu melhor personagem para perceber aquele instante presente.

Presentear-me através do meu melhor personagem a perspectiva que melhor se apresenta pra mim, que me faz bem.

Ao me fazer bem, busco nesse personagem a minha singularidade mais apreciativa e amorosa, comigo e por consequente com o outro.

É um ciclo, quando leio estas frases encadeadas, sinto que é tudo PARA escolher o que me faz bem, para estar conectado, leve, na minha melhor versão comigo e com o outro.

Se amplio minha capacidade de percepção, matematicamente amplio minha capacidade de significados positivos, e a partir destes belos significares ESCOLHO o que melhor se apresenta para mim.

Como ampliar as possibilidades de Escolha? O que acontece com a grande maioria que não se vê escolhendo?

Como ampliar as possibilidades de Escolha? O que acontece com a grande maioria que não se vê escolhendo?

Êxito depende de sofrimento?