Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Que história contastes hoje para alguém?

Contou alguma história tua hoje? Conversou com alguém sobre um sonho? Revisitou alguma história do passado que apoia tuas escolhas do hoje? Me peguei olhando pra pergunta e me contando histórias a mim mesmo das histórias que conto…

Exercitar a cotação de histórias, reforça que as histórias sejam melhor contadas. O mesmo vale quando apresentamos um projeto, ou contamos sobre algo que é importante para nós, a cada novo contar, percebemos pontos altos, pontos a melhorar e vamos aprimorando, até que o projeto ou sonho deixa de ficar na imaginação e se torna realidade.

Tem sido assim nas minhas ultimas experiências, convido pessoas a se aproximarem, conto sobre o que estamos falando, abro o campo de possibilidades para que ideias se somem, opiniões sugestões. Falo sobre o que ando fazendo, conto sobre o que tenho percebido, e num passe de magica começamos a interagir, aprender algo novo, a cocriar novas possibilidades.

A pergunta me explora a pequenos movimentos, contar uma história por exemplo por 50 vezes, será que conseguimos? Pensar naquele sonho que esta na gaveta e colocar ele no radar para 2019, contar e fortificar a história, até que ela deixe de ser uma história da imaginação, e passe a ganhar protagonismo sobre o que fazemos. As melhores palestras, os melhores projetos, aqueles lugares que fazem meu olho brilhar tem sempre em si uma história contada por muitos, que viveram a sua perspectiva o seu ponto de vista de algo que aconteceu ou ainda está por acontecer.

De onde vem o engajamento?

De onde vem o engajamento?

O tempo é hoje, com que amigo você se reencontrou hoje? (10/dez)

0