Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como nos percebermos evolutivos num mundo que evolui? (20/dez)

Perceber-se evoluindo? Para quê mesmo?

Me pego pensando se precisamos mesmo evoluir ou aprender a nos aceitar mais como somos? Estar evoluindo e se adaptando a tudo e a todos, é uma correria ou eterna busca que as vezes me parece utópica, Como sei se estou acompanhando ou não. É suficiente? ou não?

Sim o mundo evolui, mas as simplicidades permanecem as mesmas, um tempo em silêncio, o verde do campo, uma paisagem bonita, uma viajem para um lugar desconhecido, ou simplesmente um sabor novo.

São simplicidades que não necessitam de evolução, e estão disponíveis a todo instante, mas do que estávamos falando mesmo? Evoluir? Talvez a evolução que me vem presente, é a de acrescentar experiencia a já existente, seguir experimentando o que se apresenta a cada dia, continuar aprendendo, se o eterno aprender pode ser considerado uma evolução, sim me percebo aprendendo todos os dias e portanto evoluindo. E se a evolução que vemos no mundo é um mundo que aprende, então sim me percebo evoluindo no mundo que evolui, e o como fica pela percepção continua de eterno aprendizado.

Como aprender, desaprender e reaprender?

Como aprender, desaprender e reaprender? (21/12)

Como não ficarmos ranzinza com referenciais desatualizadas?