Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como fazer o que se ama gerando abundância ao seu entorno?

Sabes o que ama fazer? ou quantas coisas amas fazer?

somente algumas coisas..então comece com listas para ter a consciência

Faça uma lista das coisas que gostas de fazer, não aquelas que gostarias, mas sim as que já gostas...

Faça uma lista de lugares que gostas de estar com pessoas, e com quem gostas de estar...

Por fim faça uma lista das pessoas que conheces...

E vá estar com pessoas, abrindo conversas, conectando, interagindo, trabalhando contar o que amas fazer...

Tenho experimentado uma interação maior, após ter conhecido o "Effectuation" de Saras Sarasvathy, e percebi que gosto de estar com pessoas, de conversar sobre o que importa, de gestar perguntas.

Parece complexo, mas gosto de viver em colaboração, gosto de tomar um mate, de conversar e cocriar novas soluções, novos modelos organizacionais, novos negócios, novas formas...

Voltei da Espanha em 2016 tomando cafés, repito em alguns textos, mas em cada contexto uma nova percepção, tomei mais de 100 cafés com pessoas distintas, no primeiro mes e meio depois que voltei, já não olho pra conta exata, conhecem pessoas novas, reencontrei amigos, e reconectei histórias, comecei a prestar mais atenção em o que eu conheço de quem eu conheço, como qual o melhor dessa pessoa que está na minha frente.

Pois bem, nestes últimos dias, percebi que tenho uma riqueza no meu entorno, uma abundância, conheço pessoas com negócios, com idéias, com potenciais, com qualidades únicas e especiais, e cada vez que conheço uma nova pessoa, a primeiro pensamento que me vem, é essa pessoa tem que conhecer outra pessoa que conheço e podem fazer boas trocas.

Começo então a perceber que além de viver em colaboração, gosto de fazer com que novas pessoas se conheçam, apresentar novos encontros de recursos, e aceitar os encontros que se me apresentam, para interagir mais e mais, aumentando o fluxo humano de conexão de ideias e abundância de inteligência coletiva.

Como lidamos com a incoerência?

Como lidamos com a incoerência?

Como usarmos a criatividade para sairmos de soluções de escassez para experimentarmos soluções baseadas na abundância?

0