Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Por que as organizações são insensíveis e ferem as pessoas? (20/jun)

Eu vivo de sonhos...aprendi que as pessoas são movidas por sonhos...

Creemos, confiamos, acreditamos, vestimos a camiseta por times de organizações piramidais que muitas vezes não representam quem luta por elas, organizações que ferem, que no fundo no fundo, dizem que precisam das pessoas, mas na verdadeira realidade precisam somente dos lucros e escravizam. 

Sim generalizo, e sei que tem muitas empresas que vivem das pessoas, correspondem, sobrevivem, cuidam e evoluem, e muitas outras não acompanham essa mesma evolução.

EMPRESAS E ORGANIZAÇÕES NÃO APRENDEM...apenas documentam e registram o que as pessoas aprenderam. Os indivíduos é que aprendem, os indivíduos é que evoluem, os indivíduos são os elementos naturais da verdadeira existência que movimentam o que acontece.

Patrimonios, posses, dinheiro e ativos são somente reflexo da sociedade de consumo e propriedade que viemos, prédios desmoronam, equipamentos quebram e enferrujam, dinheiro some e ativos circulam...no final o que fica são as histórias que cada pessoa viveu nesse tempo.

Vivo aprendendo, e aprendo vivendo, sigo o ciclo, novos ciclos, novas experiencias e novos sonhos. Sim continuo sonhando, que em um dia talvez em algum lugar eu viva a organização que tenha pessoas e não somente lucros. 

Termino esse paragrafo e reconheço que já vivo em uma, e neste milésimo de segundo a valorizo, pulso, e sinto falta do pulso de vida que sinto na Pulsar.

Que organizações queremos para o futuro?

Que organizações queremos para o futuro?

Como me deparo com minha escassez de tempo? E que outras escassezes? (19/jun)

0