Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

O blockchain é o salto atual, e me pergunto qual o próximo salto da humanidade?

Se o blockchain é o salto atual, onde nos organizamos de forma distribuída, para trocar, registrar  e decidir por consenso, onde pessoas trocam e negociam a distancia sem se conhecer, em um ambiente de confiança matemática.

Me pergunto qual o próximo passo ao perceber que ainda me custa entender as divisões de fronteiras, as distancias sociais e tantos "Nós e eles". Me vem presente que talvez o próximo passo sejam as aproximações, a aceitação de diferentes percepções e por que não novas formas de nos organizarmos em sociedade.

Não sei a origem do pensamento, mas me despertam as possibilidades de negócios distribuídos, onde a interação de cada um seja a medida para os eu progresso ou eficiência. Talvez pareça confuso, mas entendo que logo não vamos precisar de organizações politicas para decisões complexas, processo simples facilitado pela tecnologia.

Talvez estejamos voltando aos tempos de que precisamos somente conversar, e que o salto seja a conversa pelo que importa, focada em confiança, entusiasmo e percepção do outro.

Como me conecto a novas formas de comunicação?

 

 

Como me conecto a novas formas de comunicação? (6/jun)

Como transmitir as pessoas a idéia do caórdico?