Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

O que é estratégico pra ti?

Creio que trago uma orientação por projetos em mim, quando escuto a palavra estratégia, me vem logo um plano na cabeça, um planejamento, uma meta e um resultado esperado.

As vezes me parece que ser estratégico, bloqueia algumas possibilidades já que estamos esperando pelo que aconteça, depositamos expectativas e criamos uma série de contingências que custam caro. Estas contingências quando levadas para as relações são como processos de não confiança no outro, como se fosse sair algo errado, como se estivéssemos prevendo a falha.

Volto ao ser estratégico, e me vem um olhar meio que cabuloso sobre a palavra, como se ao ser estratégico posso estar manipulando ou conduzindo para um caminho que já conheço, será? 

Trabalho com projetos de toda ordem, projetos grandes com uma enormidade de recursos, projetos pequenos e simples também. Quando coloco a palavra estratégia ou oriento os times para que pensem estrategicamente, é como se eu desejasse que eles tivessem o mesmo olhar que tenho a partir das minhas experiências, só que a partir da experiência deles.

Me frustro com frequência por tudo não sair com o previsto, mas ao mesmo tempo me surpreendo com todas as possibilidades que surgem novas, não previstas. Incrivelmente toda vez é igual, o planejamento fica distante do real. Pensei muito tempo que a estratégia tinha sido mal elaborada, ou o devido tempo não tinha sido investido para planejar e "estratejar", ou simplesmente que a cultura de não gastar com planejamento e estratégia é que estava equivocada. 

Em partes sim, um mínimo de estratégia, planejamento e discernimento é importante. Mas também estar aberto e RESILIENTE ao que surgir, e pronto para aceitar e realinhar as expectativas nos permite evoluir mais rápido, reagir mais rápido e inovar na forma de nos organizarmos coletivamente.

Estratégico, "para mim", é estar preparado para as mudanças, mantendo-se conectado e com as expectativas alinhadas com todos os envolvidos, os que já estão nos processos e aqueles que podem aportar recursos no futuro, principalmente mantendo a coerência interna de estar alinhado comigo mesmo a respeito dos meus valores e presente nas crenças que podem ser modificadas a cada nova experiência.

Como trabalho com minhas afirmações?

Como trabalho com minhas afirmações?

Aceitar o que não posso mudar? Ou estrategicamente lutar pela mudança? (17/jul)