Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como estar aberto e perceptivo para receber valor?

Talvez hoje o estar perceptivo me permite estar aberto, ou seja, primeiro preciso ressignificar o que tem valor e o que não tem valor. Muitas vezes pensamos que valor esta atrelado a $$, para mim valor não é dinheiro, valor é o significado que dou para os aprendizados e trocas ao longo da minha vida. 

Claro que carros, apartamentos, restaurantes, viajens, roupas, electrônicos e outros produtos ou serviços tem o seu preço, mas talvez uma forma simples de reinterpretar é que eles tem o valor atrelado a experiencia que proporcionam. Assim um sorvete pode ter um valor de experiencia para mim, e outro para outra pessoa, até mesmo diferenciando o contexto em que essa experiencia esta inserida.

Portanto estar presente, talvez antenado, ou com papilas gustativas para valor mais apuradas, podem nos permitir perceber valor para novas situações que em outros momentos podiam parecer insignificantes. Como escrevi ontem, ter a oportunidade de palestrar para uma pessoa pode ter seu sentido de valor, uma redução de tempo na fila de um atendimento pode ter seu valor, e até mesmo a musica certa, no momento certo pode ter o seu devido valor.

Estar aberto é uma questão de perspectiva, podemos estar críticos a tudo, negativos com tudo, reclamando a todo instante e assim estar fechado para o que de bom nos acontece, já que até mesmo as piores e mais inoportunas situações podem nos trazer algum valor de aprendizado ou experiência, só depende do significado positivo que damos pra elas.

Passei um mês em janeiro trabalhando meu paradigma negativo, o de ser extremamente crítico e detalhista, com foco na maioria das vezes na parte negativa que precisa ser resolvida, ou em resumo na parte vazia da garrafa.

Me experimentar a perceber a parte cheia, mesmo que ela seja 10% do total, me permitiu ver valor onde nunca se esperaria, apreciar o valor num gesto, num tom de voz, numa resposta, ou simplesmente aprender uma nova forma de reagir as situações que se apresentam, a final só temos controle em como reagimos e como percebemos as coisas, o resto é externo, alheio as nossas escolhas. 

Claro que ainda olho para os problemas, para as dificuldades, e para um bom resolvedor de encrencas, preciso olhar pra elas. Mas procuro sempre ver o que esta de positivo em volta, mesmo nas piores situações, nos reveses e nas expectativas frustadas, parece incrível, mas sempre tem um novo valor, um valor antes imperceptível disponível nesse jogo chamado vida.

Como estar sensível e simplesmente elogiar?

Como estar sensível e simplesmente elogiar?

Como estar disponível para trocas?

0