Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

De onde vem minha energia vital?

Puxa, peguei pesado na pergunta...

Fico com o de onde? e quando? 

Tem dias que estou me arrastando, com muito sono, talvez cansado, talvez desanimado, sem energia, ou com muito pouca energia, tento encontrar o que falta nesse dia além da motivação, além do impulso, talvez falte uma intenção positiva.

Ao mesmo tempo tem outros dias em que se precisar não dormir não durmo, vou fazendo uma coisa atras da outra, impulsionando, contagiando, movimentando um mundo a minha volta. E a energia vem sei lá de onde, mesmo com o físico cansado aquela energia vital está ali, viva.

O quando, esta muito ligado do de onde, o quando me remete a estar conectado com a intenção conectado com o que importa para mim, e talvez muito conectado ao real valor que estou entregando para mim e para os a minha volta naquele momento de energia vital no pico.

Me pego perguntando o que significa pra mim essa energia vital, me pergunto o quanto desperdiço este recurso pelo meu estado fisico descuidado com sobrepeso, e me cobro nesse instante por potencializar mais essa energia, buscar sua fonte, e não só gerar mais energia, como também utillizá-la de forma mais racional com meu corpo.

Minha energia vital, neste instante está se multiplicando em células no corpo do meu filho que esta por vir, e que esta aos poucos dentro das suas 15 semanas de existência, conhecendo pouco a pouco a sua energia vital também.

De onde vem? da motivação, do quanto estou entregando valor, do quanto estou deixando um legado no mundo.

De onde vem a motivação?

De onde vem a motivação?

Como é assumir compromissos comigo mesmo?