Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como nutrir de equilíbrio minhas expectativas?

Vamos sempre ter expectativas, como cuidar desses pensamentos automáticos para que eles nos tragam leveza na relação com nós mesmos.

Sou um especialista em majorar expectativas, principalmente com relação aos outros. Espero que os outros hajam a partir do que eu conheço, e por não deixar claro o que espero me frustro em dois níveis.

1) não acontece o que espero

2) me distancio do outro

Frustração me traz problemas sérios de ansiedade, as vezes de raiva, na maioria desanimo ou desmotivação. São reflexos de uma expectativa não atendida.

Sempre vem a pergunta, não atendida para quem? Sobre qual perspectiva?

Só posso ter dominio sobre o que eu escolho ou permito nas minhas relações.

Tudo é uma escolha, ter equilíbrio de expectativas é uma escolha.

Quem não tem a expectativa mais elevada para o sucesso de um filho?

Mesmo assim vejo muitos pais preocupados, pois a expectativa ruim, também é uma expectativa alinhada a medo.

Expectativa alta ou baixa, qual é o certo?

Reduzir expectativas ou forçar pra não telas?

Eliminar a frustração, como?

Posso garantir que a grande maioria dos nossos desentendimentos para com outros vem da frustração resultante de expectativas não atendidas. Existe equilíbrio nisso? Existe cuidado?

Fomos ensinados a corresponder expectativas diariamente, em casa, na escola, e nos modelos que copiamos dos adultos. Todo lugar ou circulo que estamos, ao chegarmos já existe uma expectativa sobre nós, talvez infinitas se somarmos todas as perspectivas.

Equilibrar, talvez seja o soltar, o escolher que muitas dessas expectativas não são minhas, filtrar as expectativas dos outros sobre mim. Mas também tem a outra direção, que é o que expecto sobre o outro, nesse nível meu entendimento de equilíbrio é celebrar acordos, conversar, colocar visível o que espero, comunicar minha expectativa.

A transparencia do que espero do outro, pode regenerar, e também me proporcionar mais informação do que o outro espera de mim. O equilíbrio, para mim, está no comunicar e transparecer as expectativas, colocar na mesa os pontos inegociáveis, e deixar claro o que se espera, em qualquer plano, ou qualquer relacionamento,

Como tenho comunicado minhas expectativas?

Como tenho comunicado minhas expectativas?

Para quê expectativas?

0