Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

O que fazer no ultimo dia do ano? (31/12)

Não escrever, não pensar, não refletir…descansar, será?

Foi o que escolhi fazer, nada. Alguns pensamentos vieram e tentei evitar. Custei a dormir do 30 para o 31, muitos pensamentos, muitos planos inacabados e antes de dormir para acordar no 31, alguns pensamentos do tipo:

  • quantas coisas deixei de fazer?

  • o quanto acumulei de tarefas?,

  • não ficou nada pendente que eu ainda possa fazer no inicio do ano?

Acordei o 31 um pouco mal dormido, tarde, sem desejo de fazer muita coisa, literalmente exausto pelo ano de 2018. Que bom que foi um ano de muito trabalho. Resolvi passar o dia descansando para celebrar o inicio de um novo ano. Quantas mensagens lindas, celebrativas, entusiastas, alegres e sinceras durante o dia, que bom que pelo menos 1 dia por ano somos tão celebrativos e desejamos tudo de bom uns aos outros.

O que fazer no ultimo dia do ano mesmo?

Agradecer, por estar vivo, por ter vivido mais um ano de experiência, por ser abençoado e ter o que comer, o que vestir, onde morar e com quem celebrar.

Me permitir, não fazer nada, me perdoar, deixar rolar, ver no que vai dar, não me preocupar com grana, não olhar os números da mega-sena, não brigar com os parentes, e simplesmente deixar o ultimo dia do ano passar, leve, simples e sem dor.

SONHAR, acordado ou dormindo, de que tudo que acontecer é para o meu melhor aprendizado e que as escolhas iram se apresentar, e é só não ficar parado, sonhar com movimentos, com conexões, com conquistas, com celebrações e simplesmente sonhar com o que não sabemos que virá, ainda não sei se o Benjamin será loiro ou moreno, se terá olhos claros ou escuros, só sei que será lindo.

Celebrar…

Celebrar muito e sempre, por todo aprendizado, reconhecer minhas vulnerabilidades e erros em 2018:

  • as pessoas que magoei, meu pedido de perdão,

  • as que não atingi as expectativas, minhas desculpas, tentei meu melhor…

  • as que não conseguiram se comunicar comigo, temos o 2019

  • as que não dei atenção, perdão, podemos tentar de novo?

  • as que passaram a não confiar em mim, um pedido de mais uma chance

A mim, um “me perdoo” pelo que não conclui, pelo que não escolhi ou pelo que não fiz, e um “muito obrigado” por todas as oportunidades que tive de fazer e aprender.

Que bom pelas coisas boas e que tal, que em 2019 eu me transforme em alguém um pouco melhor do que em 2018 e siga o caminho da evolução enquanto me for permitido viver.

O que fazer no primeiro dia do ano?

O que fazer no primeiro dia do ano?

O que sinto quando recebo a mensagem de parabéns?

0