Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

E se o centro fosse mesmo vazio?

Sim, e se todos trabalhássemos na mesma direção, sem uma cadeia de comando e controle, sem um chefe ou superior?

Estamos experimentando. A simplify começou no sonho de um, evoluiu e se conectou ao sonho de muitos, transformou-se num emaranhado de trios, onde o sonhador inicial já não possui mais a chave, mas continua com o acesso através dos demais, e simplesmente virou mais um nó na rede.

Fiz a experiência de soltar, de sair do centro, de me transformar apenas em apoio, fazendo o que minhas habilidades me permitem ser mais efetivo em apoiar a execução, transmitir confiança, impulsionar, servir numa liderança invisível que apoie toda a iniciativa, quebrando meus juízos diariamente de qual seria a melhor alternativa, confiando que executar e aprender é sempre o melhor caminho.

Já me sinto num organismo de indivíduos em que não existe centro, em que o centro é coletivo, e que o foco de todos é comum, construir algo para o beneficio de todos. Sinto também que não é um centro vazio, no centro de tudo isso tem um propósito de Para que simplificar? E magicamente esse líder invisível chamado propósito nos apoia a continuar caminhando.

Estamos aprendendo a não mais perguntar se podemos. Se pensamos em fazer algo, chamamos mais duas pessoas pra estar junto, para nos trazer um cuidado, e fazemos. As ações em trio, quebraram a necessidade de grupos enormes de trabalho. É a resposta, acho que não, mas neste momento tem funcionado bem.

Simples…mas quebra ainda muitos paradigmas de pensamentos automáticos que temos em nossas cabeças.

Como é a relação com o seu Pai?

Como é a relação com o seu Pai?

Como é a relação com o seu Pai?

Para que precisamos entender tudo antes de fazer?

0