Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Qual a importância do aprendizado através do olhar do outro?

Estou vivendo outra experiência em coletivo riquíssima, chama-se Ponto Cego, e tem o objetivo de acessar ao que não sei que sei.

Estou na posição de anfitrião, facilitador, ancora ou pensador do movimento junto com meu amigo Freddy. São 15 pessoas que se reunem 1 vez por semana, por 4 horas, para aprender sobre si mesmas, contar suas histórias e empreender através do que já sabem em conjunto.

Vivi o Estaleiro Liberdade em 2014 e mudou a minha vida, me inspiro nessa experiência que pude replicar em 2016 na Espanha para outras 5 pessoas, me arrisco a sentir o mesmo caminho, agora com outra roupagem, mas ainda inspirado nas experiências piratas.

É incrível quando criamos o campo de confiança suficiente para explorarmos a fundo os aprendizados, todos somando idéias, trazendo suas percepções, conceitos e observações, num caminho de aprendizagem coletivo e individual. Sim o aprendizado está em cada um, mas parece que a evolução do outro me fortalece, e me faz ganhar mais coragem para evoluir junto.

É essa importância que me traz o formato, como aprendemos mais quando em circulo e em confiança, como podemos construir muito através das nossas experiências, como somos ricos quando colocamos a mostra tudo que já fizemos, estamos fazendo e queremos fazer. A prosperidade se manifesta quando colocamos a intenção positiva do Fazer, e em grupo seguimos confiando uns nos outros nos apoiando e crescendo.

Não tenho duvidas que já estamos melhores, estou aprendendo mais do que ensinando. Reflito e acho que não ensino ninguém, só compartilho minhas histórias e aprendizados, para serem acessados pelos outros no aprender juntos. Que bom que estamos juntos, que lindo grupo que se formou, e fico curioso pelo infinito campo de possibilidades que foi criado e irá despertar nos próximos 50 dias.

Como é ver o brilho nos olhos dos mais jovens que nós?

Como é ver o brilho nos olhos dos mais jovens que nós?

Como eu fluo na dissolução dos meus conflitos internos?

0