Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como contar a mesma história com perspectivas diferentes?

Hoje contei algumas histórias sob perspectivas diferentes.

Pela manhã uma empreendedora de Bogotá na Colombia conversou comigo por uma hora para saber mais da Simplify, como tínhamos feito, os pontos positivos e os pontos negativos que podiam apoiar ela a criar um espaço com intenções semelhantes no seu país.

Contar a história para quem quer replicar, e esta presente percebendo os detalhes e os pontos que podem ser replicados, me fez ver que na mesma história, contar para alguém que quer replicar pode ser outra forma de contar a história, contei com detalhes das dificuldades, dos pontos duros, das alegrias, das intenções de aprendizados também e do olhar apreciativo do melhor que aconteceu,

Durante a tarde fui convidado a gravar uma entrevista sobre empreendedorismo, com o olhar de como foi empreender a simplify e tirá-la do sonho do papel a realidade executada, foi interessante reconhecer todos os envolvidos, não trazer pra mim o êxito, compartilhar a história, contar detalhes de uma forma mais leve, com o olhar de alguém que quer estimular outras pessoas a tirar os seus sonhos do papel e tornados reais. Foi a mesma história contada de perspectiva diferente, quantas perspectivas diferentes já dei a Simplify nestes 4 curtos meses de existência.

Paro e penso o quão rico é uma história que pode ser contada de varias formas, por muitos vieses. Por que não faço o mesmo com as histórias de mim mesmo?

Como mudar a perspectiva das histórias que conto pra mim mesmo?

Como mudar a perspectiva das histórias que conto pra mim mesmo?

Como podemos evoluir através das experiências?