Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Como acessar os recursos disponíveis através de perguntas?

O como sempre vai e vem quase como um pedido de receita, forma, método ou maneira. De verdade não descobri ainda a forma de acessar, mas sinto próximo que a forma com que pergunto, fica mais fluido do que simplesmente pedir.

Preciso de carona, preciso de uma cama ou preciso de alimentação. Sinto que nesses 3 campos já podemos sobreviver e parece natural pedir ou perguntar sobre essas situações. Quem nunca pediu um poso na casa de um amigo em outra cidade, ou uma carona, ou ainda colou na hora do almoço na casa de alguém.

Essas 3 situações parecem simples quando temos um sistema de apoio onde construimos confiança. Esta lá disponível, sabemos que é só pedir. No meu contexto parece simples, mas tenho a forte impressão que quando não existe este sistema de confiança se torna uma barreira. Estão ai tantas pessoas em estado de fragilidade na rua ou em barracos.

Provoco este contexto extremo, por que tenho dificuldades de encontrar um recurso como alguém que programe, que faça um site, que edite um video ou que faça um design legal pra algo. Conheço as pessoas sei onde estão, mas mesmo com tanta rede me sinto desconfortável em pedir ou perguntar se existe a disponibilidade, é o mesmo sentimento quando ficamos sem jeito de pedir pra ficar na casa de alguém. Acho que estou incomodando, abusando ou somente usufruindo.

É um desconforto provocado pelo padrão, é chato pedir, diria que difícil romper a barreira para pedir algumas coisas. Que perguntas fazer pra desmontar essa barreira aos poucos? Que tal saber se a pessoa costuma se disponibilizar? Perguntar como a pessoa esta, sabendo se ela está bem de verdade? Perguntar se ela não precisa de algo também, daqui a pouco rola uma troca bacana? E ai fazer, acessar, trocar, digamos que simplesmente fluir.

Parece muito longe dos padrões que vivemos. As vezes acho que só entro em contato quando preciso de algo, fico sem jeito é verdade, mas mesmo assim peço, é a forma que estou contatando, e crio essa oportunidade pra nos reconectarmos. Pergunto se pode tomar um café, e dai emerge algo.

Sei que para algumas pessoas chamar pra tomar um café pode soar pesado, chame pra almoçar então, afinal todo mundo tem que comer uma hora no dia. Converse, se conecte, se permita, e pergunte como seria pra pessoa essa disponibilidade. Pode ser que ela não esteja disponível, com foco muito presente e tudo bem, peça pra ela que indique alguém que talvez tenha essa disponibilidade.

Como dar mais visibilidade ao que precisamos?

Como dar mais visibilidade ao que precisamos?

Se está disponível, por que não pedir? Qual a razão de se mostrar em necessidade?

0