Viver em colaboração amando-me.

Sou um homem forte, confiante, comprometido e livre. Vivendo o presente, compartilhando amor, sabedoria e alegria.

Apaixonado por colaboração, acredito que a abundância de recursos está diretamente associada a conexão das pessoas com propósito comum.

Quais ferramentas podem me auxiliar a iniciar as mudanças? (13/set)

Tudo depende do primeiro passo...

O que utilizar para dar o primeiro passo? Como dar esse passo em conjunto e não sozinho? Que perguntas preciso fazer para fortalecer esse primeiro passo? Quais olhares, a partir de que perspectiva? Com quem devo dar os primeiros passos? Em quais ambientes? Com quais objetivos? Quais sonhos apoiam estas mudanças?

Descrevo n perguntas que podem me apoiar, e isso confirma que talvez a maior ferramenta para iniciar seja REFLETIR, ressignificar e agir. Sem ação não existe o primeiro passo. 

Foco em qual é mesmo o sonho? Qual o sonho que sustenta a intenção do primeiro passo? Qual o pano de fundo? Para que faço o que faço? Para que o primeiro passo?

Se estas coisas estão claras os primeiros passos para as mudanças vem ao natural, pelo menos imagino que seja assim.

Mudanças não precisam ser grandes, elas começam pequenas. Não tomava café a mais de 100 dias, e hoje tomei uma xicara. A vontade foi passageira, podia ter resistido, mas não resisti, não existia a opção de um descafeinado próxima e eu desejava muito tomar um café. Foi uma pequena mudança ao contrario, infelizmente já não estou a tanto tempo sem tomar café, mas a pequena mudança podia ter descontruído uma mudança maior que já tinha feito.

O mesmo vale pra escrever, não paro de escrever 20 dias, eu começo não escrevendo um dia, depois outro, e quando vejo já não escrevo mais.

Analiso as mudanças indesejadas pra mostrar pra mim mesmo o quão fácil é mudar no sentido contrario. Tiro a tensão, deixo de fazer, torno pesado e por conta disso acabo não fazendo.

Não preciso caminhar 1 hora, mas posso subir de a pé até o andar que moro ao invés do elevador, pode ser uma pequena mudança. 

Qual o sentido da mudança, é pra me satisfazer, ou satisfazer outro?

Sinto que a melhor ferramenta ainda é o refletir sobre si próprio, o mudar a perspectiva e distancia-la de mim, como se eu saísse do meu corpo e me olhasse de outro lugar, analisando a mim mesmo. 

Não preciso fazer isso, basta que eu solicite amigos que me escutem e me deem feedbacks, pedir feedbacks para o universo pode servir para eu trazer leveza e tornar as mudanças e os primeiros passos mais simples.

O que fazer com a espera?

O que fazer com a espera? (14/set)

Quais mudanças percebo necessárias em mim? (12/set)

0