• Rafael Urquhart

Como não desperdiçar tempo?

De onde surgiu o conceito de desperdício?

Desperdiçar tempo quando? Agora ou amanhã?

Como? Será que existe uma forma nessa imensidão de diversidade?

Desperdício a partir de qual perspectiva?

Perguntas e mais perguntas, quando olho pelo viés NEGATIVO DO TEMPO. Perda, prejuízo, ruína e sabe lá quantas outras palavras podem emergir do ato de desperdiçar. Levei 5 minutos a mais para escrever a ultima linha, acabo de desperdiçar mais uma vez.

Será?

O que eu estava fazendo nestes 5 minutos? Fiquei paralisado? Fiquei lendo alguma inspiração? Meditei? Refleti? Pensei? Respirei? Desviei o olhar? Cocei o nariz? Me ajeitei na cadeira ou simplesmente fui buscar um café.

Pois é, isso tudo aconteceu ao mesmo tempo em 5 minutos em que não escrevi mais uma linha. Desperdicei tempo? Talvez sim na ótica de quem escreve. Ou talvez não na ótica de cuidar de mim. Não sabemos. A principio todas estas perspectivas coexistem e eu escolho em qual delas vou dar mais foco, pode ser que quem me lê escolha diferente.

Falo, escrevo, conto e propago que o tempo é recurso. Sim, tudo se dá através do tempo de alguém ou de algo. Seja o tempo do fogo ao queimar de uma madeira, ou o tempo de chuva caindo sobre nossas cabeças. Em ambos e em todos os outros tempos, até mesmo o do dormir, existe perspectivas diferentes sobre o aspecto de aproveitar-lo.

Talvez faltou algo na pergunta. Como não desperdiçar tempo em um contexto específico após uma escolha definida?

Uau, agora ficou mais simples explicar o aproveitamento do tempo, afinal, acredito que o oposto de desperdício é aproveitamento ou até eficiência.

Talvez o primeiro passo seja a clareza de que agora a perspectiva que escolho é esta, neste contexto. Crio limite para esta perspectiva, meu foco agora é fazer isto para aquilo com esta intenção.

Clareza de perspectiva.

Para que?

O que?

Com qual intenção?

Quando? Agora.

Pode ser que pela ótica da saúde eu esteja desperdiçando tempo, pode ser que pela ótica familiar também, ou até mesmo pela ótica da organização que trabalho, mas escolher escrever sobre como não desperdiçar tempo, e investir 30 minutos nisso, pode fazer com que as outras 23 horas e alguns minutos restantes do dia sejam mais produtivas com a perspectiva definida.

Como conviver com tantos papéis?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f