• Rafael Urquhart

Como se mostrar mais transparente a quem se é?

Interagindo.

Não acredito em forma ou jeito, nem tampouco em metodologia pra se postar transparente. Talvez o tema que mais se aproxima seja o descobrir-se vulnerável através dos livros da Brene Brown. Pelo monos pra mim quando estou interagindo com outro desde um lugar de vulnerabilidade e humildade o meu melhor fica visível, o meu verdadeiro ser despido de mascaras se escancara.

É difícil estar vulnerável ou aberto o tempo todo, afinal a crueldade ainda está espalhada pelo mundo. Mas se estamos verdadeiramente dispostos a trocar, a servir e a interagir com proposição construtiva oferecendo nosso melhor e também nosso pior acredito que esta descrição em si já é de transparência.

Ser quem se é não precisa de plano, marketing ou persistência. É estar presente na sua melhor versão, a única versão de si, carregada das imperfeições, medos e dúvidas, assim como das habilidades, recursos e intenções.

Não me alongo, por que me parece que quem é transparente não precisa se mostrar assim, simplesmente se é.

Para que construir redes de apoio?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f