top of page
  • Foto do escritorRafael Urquhart

Por que ficamos mais fortes quando alguém nos diz que não podemos?

Ninguém segura um teimoso motivado.


De duas uma, ou ele vai até aprender algo novo que o leva a outro caminho, ou sua obstinação faz com que encontre a solução que buscava.


Me coloco nesse lugar do teimoso, e é incrível quando me motiva quando alguém me diz que não posso, não por que eu goste de desafiar a lei, tirando o contexto do legal de fora, deixo todo o restante do contexto disposto a romper o padrão e a visão linear limitada.


De verdade se alguém diz que não pode parece que é mais tentador.


\Fico observando o Benjamin meu filho, é incrível a disposição dele pra coisas que dizemos que não pode fazer, e mais incrível ainda é a insistência de tentar fazer, do jeito dele é claro. Nessa diversão de tentativas, frustração, raiva, perigo e choro sempre surgem novos caminhos, que no final resultam naquela frase adulta condescende, "ok, assim pode."


De alguma forma esse padrão de busca de autorização vai se formando, é como que ok alguém dizer que não dá, mas eu me coloco a descobrir outras formas para buscar aprovação, e num segundo momento vencer essa barreira.


Descrevo a situação a partir da minha experiência, lembro das situações quando estava empreendendo com excursões de estudantes em 2001, até a décima viajem sempre tinha alguém me dizendo, "abandona isso, olha o risco, vive só te estressando por tão pouco.", e eu respondia que não pararia até acontecer da forma que estava imaginando. Realmente insisti, ajustei valores, propostas, forma de contato, ferramenta de controle, adenda, times de apoio, e com toda sua dor de cabeça, foram as viagens que responderam por boa parte da minha renda no período da faculdade em 2002 à 2004.


Tem muitas outras histórias que desisti, como o movimento frustrado de tentar trabalhar na Espanha após minha especialização em Inovação, e tantas outras histórias de colheitas de aprendizados onde não me arrependi de ter ROMPIDO O PADRÃO.


Que bom que existem limites e melhor ainda que da prazer quebra-los. É este rompimento de conforto e desconfiança que nos permite evoluir, inovar, crescer, inspirar e encontrar novas formas, A NOSSA PRÓPIA FORMA.


Se tudo evolui? Será que sonhos também são evolutivos?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...e se tudo fosse sobre aprender?

Uma premissa básica talvez? Uma constatação quem sabe? Triste ou feliz, tenso ou relaxado, rico ou pobre, bem ou mal, sei la quantos outros paradoxos extremados binários em que por padrão comum carreg

E de fato o que é sonhar?

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f

תגובות


Post: Blog2_Post
bottom of page