• Rafael Urquhart

Qual a potência da espera?

Tudo tem seu tempo…seja curto ou longo.

A espera acontece em todos os níveis, em todos os tempos esperamos algo.

Talvez a espera passiva seja a mais dolorosa, nela ficamos em pensamento aguardando que o tempo ou o vento tragam as mudanças necessárias e isso é incrivelmente lento, moroso e as vezes infinito.

Na espera ativa o tempo se inverte, tudo é para ontem, o foco no fazer e expectar aumenta a cada passo, tomando conta de todo o tempo sem deixar espaço para apreciar, curtir e desfrutar do caminho.

A espera tem sua beleza, o tempo de observar, sentir e dar valor aquilo que se espera. Na espera, seja onde for, a percepção ampliada é possível, desde um respirar, de um olhar pra frente ou pra traz, ou ainda aquela visão por cima analisando todos os passos dados.

Se existe potência na espera? Espera para que? Se estamos esperando é por que algo está vindo, se não esta vindo estamos indo ao encontro. Basta esperar para saber que da espera existe um caminho, uma jornada, um percurso de A para B, do inicio para o fim, de um ciclo para outro, ou nas camadas mais simples do atendimento medico marcado para logo a seguir.

Existem os que não esperam, assim como existem os que esperam demais, ambos tem sua verdade, o que ambos talvez não observem nos seus extremos é que a potência não está contida no que se espera, mas sim durante o passar deste tempo, é na jornada e no caminho que os aprendizados se expandem e não na chegada.

As vezes achamos que precisamos fazer algo, que por fim já esta feito. Outras vezes achamos que fizemos demais, e sobra tanto para fazer mais de uma vez. Essa semana parei pra pensar na quantidade de textos, dizeres e comunicações escritas e não publicadas, para poder dar luz ao In-Pulso. Ainda faltam 3 semanas e é uma longa espera para ver o rosto dos participantes, sem duvida, após o inicio será uma doce espera pelas descobertas que hão de vir numa jornada de 1 mês.

Por fim, as maiores esperas trouxeram os maiores aprendizados, que tal esperar observando o que acontece nessa espera?

O que acontece quando você diz sim ao jogo?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f