• Rafael Urquhart

Quantas ideias ou feitos, naufragam por falta de comunicação? (9/jul)

Não publicar, não falar, não contar, não comunicar…

É uma arte, é negócio, é habilidade, é prática, muita prática. Comunicar é a arte do negócio. Ja dizia a frase “quem tem boca vai a Roma…”

Vejo que cada vez que falamos de um negócio novo, vejo o quanto em recursos precisa ser investido em comunicação, nesta era digital ainda mais, ok que quando algo é muito bom se vende sozinho, mas não é bem assim, é preciso fazer chegar, dizer, envolver, engajar e chegar mais perto.

Os relacionamentos entre as partes já são pontas ligadas por comunicação, relacionar-se com um cliente do negócio não é só uma boa prática, é um investimento intenso em comunicação e tempo pra isso. Um cuidado, um deixar todo mundo saber, as vezes demasiado, mas ainda importante.

Olho pra pergunta e vejo quantas coisas já criei e que não comuniquei, já outras comuniquei mas de forma errada, pro público errado. Outras ainda achei que comuniquei mas não comuniquei da melhor forma, é tentativa e erro principalmente na comunicação. Olho a minha volta e vejo muita coisa legal que não chega aos olhos de todos, vejo muito conceito, muita filosofia, ideologia, coisas do coração, que por envolver poucos parecem não chegar a ninguém.

Cuido com o termo naufragar, pois o naufragar pra uns pode ser um mergulhar pra outros. Alguns negócios por fragilidade na comunicação não alcançam o idealizado, mas alcançam outras sabedorias em escala menor, e na maioria das vezes sim, o que faltou foi comunicar melhor, não digo mais, mas com mais eficiência e qualidade.

O que acontece quando não existe linguagem no comunicar?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f