top of page
  • Foto do escritorRafael Urquhart

"Rafa, o que o Art of Hosting despertou na tua essência?"

Despertar..."o que tudo percebe, atento, vigilante"


De fato o Art of Hosting mudou meu ângulo de percepção do mundo e de mim mesmo, foi como se um novo caminho no percurso da vida fosse aberto para que eu pudesse assistir a mim mesmo de um outro lugar.


E esse assistir reflete apoio de assistência e também de atenção ou olhar.


É como se eu pudesse encontrar um lugar onde simplesmente posso ser, falar o que vejo, ver o que falo, estando naturalmente com o outro e principalmente comigo mesmo.


É um espaço seguro criado por anfitriões que se colocam a serviço para que a verdadeira conversa aconteça, que a verdade de cada um emerja no entorno de um tema central.


Incrível como olhar e contemplar a minha verdade pode ser uma forma de perceber e estar atento a minha essência.


Lá naquele lugar me sinto leve, lá com aquelas pessoas consigo me anfitriar na melhor forma para estar comigo e com o outro na nossa verdade que se encontra.


Se pudesse escolhe UM O QUE, seria contemplar a verdade que habita em mim na presença do outro, na presença do olhar te vejo e me vejo.


Vim te ver pra lembrar quem sou. E no encontro que nossas verdades se juntam.


Como viver mais a prática do anfitrião do dia a dia corrido organizacional.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quais as perspectivas de documentar as relações?

Uma foto. Uma mensagem. Um filme. Uma lembrança. Uma ou infinitas histórias. As relações acontecem no agora, mas deixam rastros pela eternidade. Uma briga ou palavra mal dita, uma mensagem bem ou mal

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page