top of page
  • Foto do escritorRafael Urquhart

Como controlar a mim mesmo e os meus pensamentos? (10/mai)

Controle, controle e controle.

Para quê preciso controlar tudo? Até a mim mesmo?

Quem não ouviu a máxima que o autocontrole é essencial? Se é essencial ele vem da essência, ele emerge sozinho. Será.

Esse controlar a mim mesmo está espalhado em todas as dimensões, ligadas a hábitos práticas, dizeres, agires. Acho impossível controlar meus pensamentos, posso estar presente neles e só, até porque boa parte deles ainda vão existir no meu inconsciente.

Tentar ou imaginar que se pode controlar pensamentos pode beirar a loucura, e escolho não entrar nesse lugar. Mas posso controlar a mim mesmo e minhas ações? Acredito que sim, possivelmente seja muito difícil, e tarefa árdua, mas no momento conecto a algumas coisas que não tenho controlado em mim mesmo ligadas a minha saúde.

Como pratico autocontrole?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Uma premissa básica talvez? Uma constatação quem sabe? Triste ou feliz, tenso ou relaxado, rico ou pobre, bem ou mal, sei la quantos outros paradoxos extremados binários em que por padrão comum carreg

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f

Post: Blog2_Post
bottom of page