top of page
  • Foto do escritorRafael Urquhart

Como o envolvimento permeia em times de trabalho?

Times de trabalhos envolvidos?

Olhei alguns dias para essa pergunta e precisei vir a uma obra, estar em contato com times de trabalhos maiores para poder Observer, sentir e me conectar com esse envolvimento.

O envolvimento permear, circular ou transitar os times. Times envolvidos, conectados, atentos e participativos. Qual líder não sonhou, desejou e trabalhou por isso?

Olhando assim parece que estamos falando de equipes sólidas, comprometidas e envolvidas. Mas reduzindo ao olhar mais simples, o envolvimento começa no 1 a 1, no indivíduo. Posso ter uma pessoa envolvida, e de alguma forma isso vai estar permeando um time inteiro. Não preciso envolver todos, preciso que uma pessoa se sinta envolvida, aceite o convite, e então somos dois a convidar e não mais somente um.

Reforço o convite, por que ninguém se envolve em algo que não foi convidado. Convidar é uma arte, e estabelecer esta conexão que aproxima, conecta e envolve é uma habilidade do liderar, mas também uma potencialidade do servir e disponibilizar.

Alguém se sentiu chamado primeiro… tudo começa em alguém, então por quem começar?

Procure aquele individuo que os olhos brilharam, aquele que fez perguntas e que além de despertar a curiosidade ofereceu ajuda, apoio e se colocou disponível, se some e ajude ele a buscar o próximo par de olhos a brilhar.

Isso é envolvimento, isso transforma times de trabalho. Pelo menos hoje, agora é assim que sinto e vejo.

O envolvimento vai e vem, mas quando existe conexão, convite e arte ele fica e se multiplica.

Como se portar frente ao desafio do novo?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...e se tudo fosse sobre aprender?

Uma premissa básica talvez? Uma constatação quem sabe? Triste ou feliz, tenso ou relaxado, rico ou pobre, bem ou mal, sei la quantos outros paradoxos extremados binários em que por padrão comum carreg

E de fato o que é sonhar?

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page