top of page
  • Foto do escritorRafael Urquhart

Como o sono afeta o meu humor?

Dormir, quem não gosta? Tenho observado cada vez mais o nível da minha potência comparado ao tempo de sono que tenho tido.

Quando mais jovem, havia noites que dormia 3 ou 4 horas, numa sequência muito forte de entregas de trabalhos. Acordava mais cedo, ia dormir mais tarde. Nessa correria mundana vejo muita gente no mesmo ritmo, estabelecendo 4 ou 5 horas como um bom tempo de sono. Outros assumem essa jornada de 4 horas de sono por necessidade mesmo, mais de 1 turno de trabalho, ou na maioria das vezes relativo aos tempos de deslocamento de ir e vir do trabalho.

Olho para minha situação atual, posso não dormir as 8 horas que preciso, funciono da mesma forma, só que minha capacidade de atenção se altera, tenho um tempo de resposta mais imediato no quesito sobrevivência, é como se quando dormisse pouco minha capacidade de presença diminuísse.

Noto também nas vezes que durmo mesmo, que minha capacidade de conexão com o outro diminui, fico mais intolerante, mesmo que minimamente, mas percebo a diferença. Imagino que possam ser sensações apenas minhas, mas dormir menos que as 8 horas que preciso diariamente alteram minha capacidade de estar presente, e posso parecer mal humorado ao outro, pelo simples fato de estar menos aberto a conexão, ou com pensamentos acelerados em outro foco.

Não sou um especialista do sono, mas sou capaz de perceber em mim o que de melhor acontece e como acontece, acredito que cada um pode se experimentar a perceber qual a quantidade de descanso necessária para estar presente e disponível a conexão humana, com melhor humor, mais energia e em melhor estado de presença.

Como suspender nossa necessidade de controle em trabalhos coletivos auto-organizados?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...e se tudo fosse sobre aprender?

Uma premissa básica talvez? Uma constatação quem sabe? Triste ou feliz, tenso ou relaxado, rico ou pobre, bem ou mal, sei la quantos outros paradoxos extremados binários em que por padrão comum carreg

E de fato o que é sonhar?

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f

Post: Blog2_Post
bottom of page