• Rafael Urquhart

Como perceber a simplicidade escondida no dia a dia?

Perceber a simplicidade através de qual perspectiva? O que é simplicidade?

Essa noite sonhei que estava frente a um publico de uns 100 jovens, e fazia a pergunta o que é simplicidade pra ti? E que outras perguntas surgiam desta? O sonho era tão real que entre as perguntas poderosas que vieram foi…Simplicidade através de qual perspectiva?

A minha perspectiva ou todas as outras possíveis?

Não me recordo do restante do sonho, mas de manhã ao ir pro trabalho fiquei pensando em todas as camadas por traz da palavra simplicidade. É comum o simples ser confundido com o fácil. Também é comum o simples ser utilizado como adjetivo para alguém humilde, ou com uma aparência de cuidado mínimo de si. Existe também a camada da identificação do nível de simplicidade, simples para alguém que vive com muito pouco, ou simples para alguém que vive com muito. Simples para alguém que tem muito conhecimento ou simples para alguém que tem pouco conhecimento.

Nesse emaranhado de perspectivas, acabei percebendo que a simplicidade esta em tudo, esta a cada segundo em minha volta, esta na escolha mais simples, esta no perceber alguém escolhendo na minha volta. Esta em olhar para um problema e encontrar a simplicidade em lidar com ele.

Sábado descrevia em uma conversa que ser simples é extremamente trabalhoso. Que buscar a simplicidade é muito mais difícil que buscar a complexidade. E me peguei perguntando se existe simplicidade fácil.

O cara para ser dito simples, tem que ter um bocado de prática para se comportar de forma simples, transparecer simples, e estar simples consigo mesmo neste ar de simplicidade.

Diria que os sábios são simples, economizam palavras, economizam movimentos, olhares, respirações para focar no que importa. Só que para chegar a esta simplicidade são anos de trabalho, dedicação, aprendizado, experimentação e movimentos, foi difícil chegar a este nível de simplicidade.

Mas volto pro dia a dia, e fico me remetendo ao como? Como perceber?

O dia passa voando, corrido, os problemas tomam conta da cabeça. Simplificar ou facilitar? Como trazer essa lente do simplificar para o universo comum?

Trago alguns paradigmas ou contrapontos para refletir

Reclamar ou Propor?

Criticar ou Apoiar?

Deixar pra lá ou Agir?

Discutir ou consensar?

Observar ou Ignor?

Refletir ou Determinar?

A lista é longa, mas a simplicidade se manifesta puramente nas nossas relações o dia todo. Afirmo pois é assim que a percebo no dia a dia, a cada contato, a cada perceber, a cada passo, a cada escolha a simplicidade esta ali. É maluco ficar olhando o tempo todo pra ela, mas saber que ela se apresenta ali, e é mais difícil estar atento para coloca-la em jogo, é mais trabalhoso exercita-la dia a dia, e é como a sabedoria, ela vem com o tempo.

Sinto que ninguém nasce com simplicidade, ela é alcançada ao longo da experiencia, na soma de todos os repertórios para que o simples em algum momento pareça extraordinário.

Qual o simples fato extraordinário de hoje?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f