top of page
  • Rafael Urquhart

O que ocorre quando somos surpreendidos por experiencias positivas? (17/fev)

A surpresa encanta, e nos mostra o quão bom é não saber e não controlar o que vai acontecer, talvez isto resuma surpresa.

A surpresa pode ser um embrulho, como pode ser algo exponencialmente preparado, ou seja, algo que estimula os sentidos, as memórias.

Um grupo de mulheres me proporcionou isso no ultimo domingo no dia 17 de fevereiro. Estávamos em um Art of Hosting e inovamos em deixar um espaço aberto para que a metodologia que fosse necessária fosse utilizada, jogando no não saber o que ia acontecer, e dando a autonomia necessária para uma equipe desenhar uma experiência sensorial.

Ficamos em silêncio, fomos conduzidos em segurança de olhos vendados, confiamos no outro, nos conectamos com aromas, tínhamos um lindo bastão da fala e uma pergunta maravilhosa sobre legado, sobre o que deixamos e magicamente as conversas que surgiram foram não só poderosas, como que tudo esta em nós, o tempo todo , e nós estamos em tudo o tempo todo refletindo o outro ou o contexto.

Ser surpreendido positivamente com uma experiência que não pode ser replicada é mais que especial, já que as pessoas nunca mais serão as mesmas e aqueles segundos não voltam,

São únicos como o momento de uma formatura, ou do parto de um filho.

São lindos por serem muito bem cuidados, feitos de um lugar de carinho.,

São efetivos por que o preparo, o silêncio, a condução e é claro, a pergunta, foram espetaculares, ao ponto de desejar ser surpreendido mais vezes.

Quando foi que você se permitiu ser surpreendido positivamente pela última vez?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Uma premissa básica talvez? Uma constatação quem sabe? Triste ou feliz, tenso ou relaxado, rico ou pobre, bem ou mal, sei la quantos outros paradoxos extremados binários em que por padrão comum carreg

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f

Post: Blog2_Post
bottom of page