• Rafael Urquhart

O que te faz sonhar? (19/set)

Quando vejo o fogo, parece que tudo é possível. A chama acessa me remete a continuidade, a renovação, a um reacender e manter vivo.

Mesmo algo tão antigo, simples e fundamental, o fogo com o seu calor e luz me permite perceber o tempo em que estou. Vejo o fogo e me recordo das fogueiras de mais de 10 mil anos, isso me deixa pequeno a perceber que o fogo ultrapassou milênios e ainda se dá da mesma forma, então por que não confiar que continuaremos evoluindo.

Olho pro fogo e me vem a crença na evolução, automaticamente me remete a pensar, no que estou sonhando agora, acordado mesmo, olhando pro fogo.

O fogo tem seu brilho, assim como uma criança sorrindo também o queima em amor. Quando nada esta bem e tudo parece perdido, olho para os olhos do meu filho, tiro um tempo de qualidade com ele, e me permito a sonhar de leve, nem que seja para alimentar as fundações para os sonhos dele que ainda virão.

Mas o que mesmo te faz sonhar? O humano. Acredito que estamos aqui para aprender, evoluir e integrar para algo maior. Sei que estamos numa transição incrível e que o tempo de hoje é diferente do tempo de 100 anos atrás. Mas quando durmo, percebo que o tempo é o mesmo de 1000 anos atrás. No sonho do sono não tenho como diferenciar, explicar ou dar entendimento. Simplesmente acontece.

Não sei se o sonhar é acordado, ou dormindo, mas vai e volta e reforço o meu sonho de viver em colaboração amando-me. Está difícil de me amar, e muito mais difícil ainda de viver em colaboração. Mas em quanto eu continuar sonhando, e intencionando este sonho, me mantenho vivo e desperto para celebrar todos os momentos em que me aproximo desse sonho, já que ele não é um ser, é um estar, e se manter próximo.

Onde me conecto com a tradição?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f