top of page
  • Foto do escritorRafael Urquhart

Podemos fazer juntos?

Sempre

Luto e acredito muitos de nós lutamos para fazer sozinhos, demora para entender e aprender que juntos vamos mais longe e de forma mais saudável? E o meu e o teu cérebro foi treinado pra fazermos sozinhos tanto a prova quanto o tema de casa.

A pergunta me remete a refletir o quanto realmente estamos fazendo as coisas juntos, se essa percepção de que é possível se extende a todos os cantos.

Já percebemos que comprar juntos sai mais barato, que trocar juntos sai mais barato, que dividir as tarefas também sai mais barato, que o mutirão da resultado rápido e ainda que pareça estranho quando estamos nos cuidando juntos nos sentimos melhor.

A possibilidade se incrementar quando percebemos o fazer juntos, o nome colaboração talvez seja o mais apropriados, mas existem outros também. O campo de possibilidades é proporcional ao número de pessoas que vivem e percebem a situação.

Se somos mais, mais percepções, mais alternativas, infinitas formas e meios de atingirmos resultados diferentes.

O pensar em rede, em coletivo transforma. Tendemos a pensar na soma de nós, e não na multiplicidade de nós. Estranho? Sim, pense que fomos treinados para pensarmos sozinhos e agirmos assim, competindo uns com os outros, nessa lógica quando somamos os times acreditamos que somos o resultado da soma dos indivíduos, não que não sejamos, mas somos muito mais. A multiplicidade oportunizada pela conexão desse coletivo é infinitamente maior que a soma entre eles, é fruto do diferencial ou mais facilmente compreensível da fatorial destes indivíduos.

((1+1+1+1) < 4! ) já que 4 < 24

Matematicamente essa é a relação, quando fazemos juntos, ou fazemos individualmente. Quanto maior o coletivo maior essa amplitude.

Então sim, juntos fazemos melhor, até mesmo escrever, adoraria ver comentários e escritas da percepção de cada um sobre essa lógica neste post.

Quais problemas você continua percebendo igual e ninguém esta resolvendo?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

...e se tudo fosse sobre aprender?

Uma premissa básica talvez? Uma constatação quem sabe? Triste ou feliz, tenso ou relaxado, rico ou pobre, bem ou mal, sei la quantos outros paradoxos extremados binários em que por padrão comum carreg

E de fato o que é sonhar?

Um verbo. Pronto, até aqui concordamos todos. Este é o limite do meu consicente, do pensar, do entender que consigo conectar com qualquer um que me lê, até o meu eu do futuro. O que é? Para quem? De f

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page